Se você vivencia o universo empresarial e social, possivelmente está com os ouvidos bem atentos a um termo que anda rondando, cada vez mais frequentemente, essa área. Trata-se do ESG (Environmental, Social and Governance). Em português, essa sigla pode ser traduzida como ASG (Ambiental, Social e Governança). Mas, afinal, o que é ESG e por que essa ideia está transformando o mundo empresarial e organizacional?
25 novembro, 2021

O que é ESG, e por que tem tanta gente falando sobre isso?

Se você vivencia o universo empresarial e social, possivelmente está com os ouvidos bem atentos a um termo que anda rondando, cada vez mais frequentemente, essa área. Trata-se do ESG (Environmental, Social and Governance). Em português, essa sigla pode ser traduzida como ASG (Ambiental, Social e Governança). Mas, afinal, o que é ESG e por que essa ideia está transformando o mundo empresarial e organizacional?

O Instituto Credicitrus preparou este conteúdo para explicar o significado deste conceito, como ele atua dentro do campo empresarial e de que forma as ações implementadas aqui dentro estão em harmonia com seu objetivo.

Afinal, o que é ESG e como se aplica este conceito dentro das empresas?

O ESG é uma medida das empresas e aplicável às Organizações Sociais (OSCs) firmarem seu compromisso com a sustentabilidade, preocupadas com o meio ambiente, cuidar de seus colaboradores, das comunidades e melhorar seus processos de administração interna e de governança, garantindo, portanto, atividades éticas e morais, seguindo sempre as diretrizes estipuladas por cada um dos tópicos que vamos explicar mais detalhadamente abaixo.

E: Environmental

Para começarmos a explicação sobre o que é ESG, temos que desmembrar essa sigla e partir para a aplicação de cada uma das palavras dentro de um ambiente das organizações sociais e empresariais. A primeira letra, que representa ‘Environmental’ ou ‘Ambiental’, diz respeito ao uso de recursos naturais, emissões de gases de efeito estufa, a eficiência energética, assim como a poluição e gestão de resíduos e efluentes. Ou seja, como as empresas vão agir perante essas questões e como irão se esforçar para atender esses critérios ambientais.

A ideia, aqui, é analisar se a organização adota medidas ou implementa ações para cooperar com a preservação do meio ambiente, como a gestão de resíduos, como a utilização de energia limpa, coleta seletiva de lixo, ações de reflorestamento, busca por matérias primas mais ecológicas, entre outros.

S: Social

Seguindo a explicação sobre o que é ESG e sua importância dentro do mundo organizacional, chegamos à segunda letra que diz respeito à parte social, ou seja, tudo aquilo relacionado às políticas e relações de trabalho, inclusão e diversidade, engajamento dos funcionários e comunidades, treinamento em aspectos importantíssimos como saúde, segurança, meio ambiente, profissionalização e compliance, direitos humanos, relações com a comunidades.

Isso quer dizer que a observação neste caso está diretamente ligada com a maneira como a organização cuida e se preocupa com as pessoas, importando-se não só com sua equipe, mas também com as comunidades. 

Exemplos disso dentro do ambiente de trabalho é a forma como a organização assegura o cumprimento das leis trabalhistas e o bem-estar de todos os colaboradores, bem como os direitos dos consumidores e proteção de dados, provando que essa dedicação social precisa acontecer interna e externamente.

G: Governance/Governança.

Chegamos, então, ao último pilar para entender o que é ESG. A Governança está diretamente relacionada com a estratégia adotada pelas organizações, tendo como atributos o papel da gestão, transparência e de compliance, como: instauração de controles internos e auditorias; redução de risco; transparência nas informações, além de seguir, à risca, as boas práticas do código de ética e de conduta. Essas práticas vão muito além do que meras formalidades e têm um papel fundamental na sustentabilidade dos negócios empresariais e sociais, na credibilidade da organização no mercado e, consequentemente, em sua imagem e reputação perante seus diretores e acionistas, colaboradores, clientes, fornecedores e comunidade ao entorno.

Resumindo

Então, agora que você já entendeu o que é ESG, fica mais fácil entender o porquê esse conceito está transformando as corporações.

Antes, ter um produto ou prestação de serviço bem avaliada e sair à frente dos concorrentes nos quesitos agilidade, praticidade, preço e qualidade eram fatores considerados primordiais para uma organização ser bem sucedida. Mas, agora, o mercado está mais exigente, interessado em entender a conduta das organizações com o meio ambiente, com a sociedade e com seus parceiros de negócios e projetos, cobrando por processos mais sustentáveis para gerar resultados mais duradouros.

Leia também: Você sabe mesmo o que é sustentabilidade?

Como o Instituto Credicitrus se conecta com o ESG?

Depois de entender o que é ESG, é vale entender como esse conceito está presente no Instituto Credicitrus, que carrega em seu DNA a preocupação com o meio ambiente, com a educação, cultura e com a promoção social.

Todos os projetos do Instituto têm a missão de criar oportunidades, gerar impacto positivo e transformar vidas. 

Exemplos disso é o MBA Executivo em Administração, projeto em parceria com a Fundação Getúlio Vargas e o Sescoop/SP, que investe na educação de alto nível como forma de desenvolver os cooperados da Credicitrus, promovendo uma mudança de vida nos aspectos pessoal e profissional. Isso proporciona mais conhecimento aos cooperados, com ações e propostas inovadoras que tem tudo para mudar a rotina e vida de quem empreende e, consequentemente, de quem os apoia na comunidade.

Com foco no meio ambiente, o Instituto Credicitrus promove a Iniciativa Ambiental, em parceria com a Yougreen, cooperativa de gestão de resíduos recicláveis, que tem o objetivo de compartilhar e fortalecer estratégias de gestão, inteligência de mercado e diversificação de negócios.

O Instituto Credicitrus também atua na promoção e apoio a projetos de instituições do terceiro setor, com objetivo de amparar as iniciativas sociais e fortalecer as comunidades de sua região de atuação.

Esses são apenas alguns exemplos das ações concretas desenvolvidas pelo Instituto Credicitrus em linha com o conceito de ESG. Se você quiser saber mais sobre nossa atuação, acompanhe os conteúdos de nosso blog e das redes sociais. Juntos, podemos mais!

%d blogueiros gostam disto: