9 fevereiro, 2021

Instituto Credicitrus e Instituto Sol: Quem não ilumina, não transforma

A Educação é a base da existência. É por ela que aprendemos a conviver em sociedade, a conhecer o mundo e, principalmente, a causar mudanças efetivas em nossa forma de viver, existir e evoluir. Mas como obter novos resultados, se a estrutura de aprendizagem não acompanha as evoluções da sociedade? Como formar pessoas críticas, inovadoras e engajadas, se utilizamos um único modelo de Educação para orientar o ser humano que é plural?

Tal qual a Educação, é o Sol. Ele irradia, aquece e desenvolve toda a vida na terra – especialmente aquelas que estão começando. Mas ele muda de intensidade conforme se espalha e fomenta a mudança para que as pessoas se sintam confortáveis e fortes.

Sob esse pensamento, nasceu em 2017 o Instituto Sol, cujo objetivo é oferecer a um seleto grupo de adolescentes da cidade de São Paulo – os chamados jovens incríveis – um novo patamar de Educação, focado nas necessidades e potencialidades únicas de cada um, não só no aspecto acadêmico, mas também emocional.

A diretora Camila Du Plessis, explica que o nascimento do Instituto Sol já partiu desse incômodo de fazer diferente e ser único: “Um casal bem sucedido sonhava em possibilitar uma nova educação, mas não enxergava em nenhuma ONG desse setor, essa possibilidade. Por isso eles decidiram fundar a própria ONG sob um novo formato. Nossa proposta, então, é ter a oportunidade de trabalhar com menos jovens, mas com uma intensidade de apoio muito maior”.

A partir de um processo seletivo, 28 jovens do 9º ano das escolas públicas da cidade de São Paulo ingressaram no Instituto Sol. Além do apoio psicológico e aulas complementares de Matemática, Língua Portuguesa e Redação; cada Jovem Sol ganhou uma bolsa de estudos em um colégio parceiro, e também a chance de ter um suporte personalizado, de acordo com suas necessidades educacionais, como curso pré-vestibular, aulas de apoio nas disciplinas de maior dificuldade, aquisição de material didático, transporte, alimentação, etc.

O objetivo do Instituto Sol é acompanhar a jornada desse jovem do 9º ano até o primeiro ano de inserção no mercado de trabalho, passando por todo o ensino médio, preparação para a universidade e graduação. Um ciclo completo de apoio.

Por compartilhar de tantos ideais parecidos e por acreditar que a Educação é a base para o mundo, o Instituto Credicitrus entrou como um apoiador do Instituto Sol. Nessa parceria – que só está começando – contribuímos com uma doação financeira, convertida na compra de materiais didáticos para dar suporte à formação dos 28 jovens incríveis.

“Mas entendemos que essa parceria tem muito a se ampliar”, comenta Camila, “Nossa proposta é aproximar os alunos do Instituto Credicitrus e todo o seu conhecimento. Conhecermos de perto as ações da iniciativa, a estrutura de trabalho, aprendermos sobre o cooperativismo e sobre como é o trabalho de uma cooperativa de crédito, através da Credicitrus”, pontua a diretora.

O propósito do Instituto Sol, como podemos perceber, é incentivar o potencial único de cada jovem e apresenta-lo um mundo – e o mundo – de oportunidades. Tal transformação está acontecendo na vida do Arthur Martins Fernandes, de 17 anos, um dos primeiros alunos a ser iluminado pela iniciativa.

 “Conheci o Instituto Sol em 2017, quando eles foram na minha escola. No começo, fiquei com um pouco de receio, mas depois fui acompanhando o trabalho e vi que tinha muito comprometimento envolvido. Tive apoio da minha família nesse processo e tudo isso me motivou a fazer minha inscrição”, relata o estudante.

Arthur começou sua jornada na instituição em 2018, e permanece até hoje, quando está dando seus passos para começar a vida universitária: “O Instituto fortaleceu minhas oportunidades acadêmicas e emocionais. Tive acesso a um novo colégio, livros, professores e cursinho pré-vestibular. O Instituto está garantindo que eu me sinta bem e pronto para seguir meu sonho, que é estudar Medicina em uma universidade pública”, salienta Arthur, que enxerga, dentre as opções pela frente, a possibilidade de se tornar um médico neurocirurgião ou cardiologista: “vamos ver o que a vida tem pela frente”, afirma o jovem cheio de esperanças.

Através de uma Educação transformadora, plural e inovadora, o Instituto Credicitrus continua a sua jornada se unindo a caminhos como do Instituto Sol, que segue iluminando, aquecendo e desenvolvendo a vida e as oportunidades em diversos jovens. Assim, prosseguimos cheios de esperança, construindo um amanhã melhor na vida do Arthur, dos 27 jovens incríveis e de toda essa geração convicta em um amanhã melhor.

%d blogueiros gostam disto: